Bolhas 3 Minutos de leitura

Como tratar bolhas de caminhada

Como tratar bolhas de caminhada Como tratar bolhas de caminhada Como tratar bolhas de caminhada

Tempo excessivo ao ecrã, stress, trabalho e trânsito são problemas comuns com os quais a maioria de nós tem de lidar diariamente. Uma das melhores maneiras de restaurar o equilíbrio nas nossas vidas é regressar à natureza. Não há melhor maneira de se conectar com a natureza do que uma caminhada no campo. Feche os olhos e imagine: as bonitas árvores a oscilar na brisa, o cheiro fresco da floresta, a paz serena e tranquila. O estado de bem-estar que nos inunda, mesmo depois de uma hora ao ar livre, é incrivelmente gratificante e enriquecedor. Finalmente, todo o stress começa a abandonar o seu corpo, à medida que os seus pulmões se enchem de ar fresco. Mas esta alegria recém-descoberta pode desaparecer num instante, quando já avançou muito na sua caminhada e começa a desenvolver bolhas.

As bolhas são a lesão mais comum nos pés dos caminhantes e, se não se preparar, podem arruinar toda a sua viagem de caminhada. Caminhar com bolhas não é ideal, dado que a fricção pode rebentar a bolha, o que pode causar uma infeção dolorosa.

Cuidados de bolhas em caminhadas

A maioria das bolhas é sensível e dolorosa, algumas mais do que outras, mas existem alguns sinais para saber se a ferida está infetada. Antes de tratar a bolha, lave as mãos com água morna e sabão para evitar a introdução de bactérias na ferida. Inspecione a área em redor da bolha para sinais de calor, inchaço, mau cheiro, pus, dor, buracos ou pele a escamar. Procure atenção médica se sentir que a sua bolha está muito infetada (por exemplo, se detetar pus na bolha).

Embora as botas de caminhada certas possam ser meio caminho andado para evitar bolhas em primeiro lugar, é melhor ter à mão um kit anti-bolhas para as tratar, se ocorrerem. Este inclui pensos para bolhas, material absorvente, como gaze, e desinfetante. Na maioria dos casos, é melhor não rebentar uma bolha, mas durante uma caminhada, a maioria dos caminhantes preferem rebentá-las e drená-las em condições controladas, em vez de arriscar que rebentem dentro da meia suada e suja.