Bolhas 4 Minutos de leitura

Não deixe que as bolhas o detenham

Não deixe que as bolhas o detenham Não deixe que as bolhas o detenham Não deixe que as bolhas o detenham

Não importa a que desporto se dedica, nada o deve impedir de atingir os seus objetivos pessoais todas as semanas. Infelizmente, algo tão pequeno como uma bolha no pé pode fazer exatamente isso. E isso é muito frequente, até mesmo com os melhores atletas. Embora não seja tão grave como um osso partido ou uma entorse, as bolhas não devem ser encaradas de ânimo leve. Podem afetar a sua concentração, diminuir o seu desempenho e causar lesões por uso excessivo aos seus joelhos e tornozelos.

Bolhas devido à prática de corrida

Imagine que está numa corrida. O tempo está perfeito e está a sentir-se bem. Talvez até consiga bater o seu recorde desta vez. Mas de repente sente uma pequena, mas aguda dor na planta do pé. Reconhece imediatamente que é o início de uma bolha. Talvez as suas novas meias sejam muito grossas ou os seus pés estejam inchados do calor. Tudo o que sabe é que a sua corrida acabou. É sempre melhor tratar a bolha o mais rápido possível, para evitar que a dor piore.

Bolhas devido à prática de desporto

As bolhas relacionadas com desportos formam-se quando o pé desliza ou se desloca, causando fricção no seu sapato enquanto corre ou pratica outras atividades atléticas. Líquido acumula-se entre as camadas irritadas do tecido da pele e incha, formando a bolha desagradável. As bolhas desenvolvem-se muito rapidamente, podem demorar vários dias a cicatrizar, e se rebentarem podem ficar infetadas, piorando ainda mais a dor e atrasando a sua recuperação.

As bolhas podem afetar qualquer pessoa, seja um atleta, entusiasta do desporto ou simplesmente a tentar ficar em forma. Atividades como correr, caminhar, jogar futebol ou ténis, escalar montanhas ou dançar podem causar bolhas em qualquer parte do pé. Desde a ponta dos dedos dos pés (e entre eles) até à parte de trás do calcanhar, as bolhas podem pará-lo e ninguém quer isso. Mas toda esta situação pode ser evitada.

Prevenção de bolhas devido à prática de desporto

Felizmente, existem medidas preventivas que pode facilmente adotar para evitar a formação de bolhas. Se notar pontos vermelhos nos seus pés após um treino ou uma corrida, estes podem ser “pontos quentes”, ou áreas mais suscetíveis a bolhas. Cubra-os com um penso para bolhas ou experimente o stick anti-bolhas da Compeed®: é sempre boa ideia manter um kit de cuidados na sua bolsa de desporto. Dessa forma, pode evitar uma bolha antes que se desenvolva.

Sapatos mal adaptados demasiado apertados ou demasiado grandes aumentam a fricção ou o atrito nos pés e dedos dos pés. Se possível, leve um par de sapatos extra quando treinar. Se sentir um indício da formação de uma bolha, pare e troque de sapatos ou aplique um stick anti-bolhas no local potencialmente dorido. Desta forma, o seu treino não será interrompido. Pés suados criam fricção que leva à formação de bolhas, portanto tente manter os pés secos usando pó para os pés ou trocando as suas meias regularmente.

Tratamento de bolhas devido à prática de desporto

Se tiver uma bolha, devem ser tomadas medidas imediatas para minimizar a dor e maximizar a recuperação. Depois de limpar cuidadosamente a área, aplique um penso impermeável para bolhas para almofadar a bolha e proteger a ferida de bactérias e sujidade prejudiciais. Tente evitar usar qualquer coisa que coloque pressão ou fricção na ferida. Nunca rebente deliberadamente uma bolha, mas se esta abrir, limpe-a com água com sabão neutro, coloque os pés de molho em água com sal durante 10 minutos e aplique um novo penso para bolhas. Quando a dor estiver sob controlo, pode retomar os seus objetivos.