Herpes Labial 4 Minutos de leitura

Como tratar uma lesão do herpes labial?

Como tratar uma lesão do herpes labial? Como tratar uma lesão do herpes labial? Como tratar uma lesão do herpes labial?

Não é possível curar um surto de herpes labial de um dia para o outro, mas há algumas coisas que pode fazer para encurtar a sua duração e acelerar o processo de cicatrização.

As lesões de herpes labial cicatrizam por si mesmas em cerca de duas semanas, no máximo. Desde o início até à resolução, as lesões podem demorar algumas semanas a desaparecer. Inicialmente, o herpes labial não é visível. Depois de alguns dias, a lesão desenvolve-se numa bolha antes de “abrir”, e subsequentemente transforma-se numa crosta. Em seguida, cicatriza no curso de uma a duas semanas, geralmente sem deixar cicatriz. No entanto, pode optar por tomar uma postura proativa contra o vírus, a fim de acelerar o processo de cicatrização, para que se possa sentir normal num curto espaço de tempo. Pode reduzir o desconforto e constrangimento tomando as seguintes ações:

Aliviar o desconforto

Aplique gelo (cubos de gelo numa toalha húmida) ou uma embalagem fria diretamente na área infetada por alguns minutos, várias vezes ao dia. Isto aliviará a inflamação das lesões do herpes labial e proporcionará um alívio temporário.

Mantenha lábios bem hidratados usando um hidratante labial com proteção UV para cuidar dos seus lábios.

Mantenha lábios bem hidratados usando um hidratante labial com proteção UV para cuidar dos seus lábios.

Não rebente uma bolha de herpes labial

Rebentar uma bolha de herpes pode ser tentador, mas na verdade é uma das piores coisas que pode fazer durante um surto de herpes labial.

Quando rebenta uma bolha de herpes labial, aumenta o risco de libertar partículas virais para a pele saudável. Também aumenta o risco de as propagar pelos seus dedos ou olhos.

Consequentemente, também aumenta o risco de propagar o vírus a outras pessoas.

Também deve abster-se de tocar nas lesões do herpes labial, para evitar rebentá-las acidentalmente ou propagar o vírus aos seus dedos.

Evite o risco de infeção secundária

Outra razão pela qual deve evitar tocar nas lesões, especialmente as abertas, é para se proteger. Todos nós temos inúmeras bactérias nos nossos dedos e debaixo das unhas. Quando os seus dedos entram em contacto com uma lesão herpes labial descoberta, as bactérias podem penetrar na ferida e causar uma infeção. Se as lesões do herpes labial resultante de uma infeção viral forem secundariamente infetadas por bactérias, terá de lidar com inchaço, inflamação e dor, além dos sintomas habituais de um surto de herpes labial.

Além disso, quando uma lesão de herpes labial descoberta aloja bactérias, fica infetada, pode causar sangramento e danos duradouros da pele. Isto também acarreta o risco de deixar uma cicatriz permanente perto ou nos seus lábios.

Acelerar a cicatrização

Recomendado para si
Herpes Labial

Quando é que um surto de herpes labial deixa de ser contagioso?

Tratar um surto de herpes labial na sua fase inicial pode resultar numa lesão menor que cicatriza rapidamente.

Os pensos COMPEED® Tratamento da lesão do herpes labial contêm tecnologia hidrocoloide gel ativo, desenvolvida para cicatrizar rapidamente lesões do herpes labial. Está comprovado que os pensos Compeed® Tratamento da lesão do herpes labial não só promovem uma cicatrização mais rápida, como também aliviam a dor. Ficou demonstrado que são um tratamento eficaz do herpes labial, proporcionando ao mesmo tempo importantes vantagens adicionais imediatos, tais como a redução da contaminação e tornar a lesão menos visível
Os pensos Compeed® Tratamento da lesão do herpes labial criam um escudo protetor sobre a ferida, evitam que entre em contacto com alimentos ácidos ou bebidas como sumo ou vinagre, que pode irritar a lesão descoberta.

Os fármacos antivirais, que atuam diretamente sobre o agente infecioso, são receitados para reduzir ou bloquear a replicação viral. Tomados nas fases iniciais (1 e 2), ajudam a prevenir o desenvolvimento de lesões. Quando as bolhas estão prestes a rebentar, o vírus já não se multiplica. Neste ponto, é quase demasiado tarde para atuar sobre o vírus: a prioridade é fazer o possível para limitar a contaminação, controlar a dor e acelerar a cicatrização.

Cuide de si

É conhecido que os surtos de herpes labial são desencadeados pelo stress, fadiga, falta de sono e esforço físico. Cuide de si: o seu corpo é o seu melhor aliado para se livrar rapidamente de um surto de herpes labial. Tente adotar um estilo de vida saudável com uma dieta equilibrada e um ritmo de vida razoável, para maximizar as oportunidades de recuperação.

Fontes

1

Karlsmark T et al. J Eur Acad Dermatol Venereol. 2008 Nov;22(10):1184-92.

2

Medical Microbiology. Chapter 68 Herpesviruses. 4th edition. Baron S, editor. Galveston 1996.